Greve dos servidores dos Correios chega ao segundo dia no Ceará

O sindicato da categoria afirma que todos os serviços foram afetados.

Servidores dos Correios do Ceará realizam um protesto em frente à sede da empresa estatal no centro de Fortaleza, nesta quinta-feira (12). O sindicato da categoria afirma que todos os serviços foram afetados. Contudo, quem chega ao local da paralisação, é atendido normalmente, em meio aos manifestantes.

Este é o segundo dia de paralisação das atividades dos servidores dos Correios no Ceará. Nessa quarta-feira (11), a empresa entrou com pedido de negociações junto ao Tribunal Superior do Trabalho (TST). A primeira audiência acontece na tarde desta quinta-feira (12), em Brasília.

Em nota, os correios asseguraram que 84% dos servidores trabalham normalmente no Ceará. O órgão Informou ainda que está realizando um Plano de Continuidade de Negócios para minimizar os impactos da greve no atendimento à população.

Os grevistas pedem um reajuste salarial de 3,2% e a não privatização da empresa. Os Correios informaram que “as federações apresentaram reivindicações que superam até mesmo o faturamento anual da empresa”. O prejuízo acumulado pelos Correios chega a R$ 3 bilhões.

Leia a Anterior

Proposta prevê fim do sigilo bancário em operações com dinheiro público

Leia a Próxima

Pedro Scooby quebra silêncio e revela detalhes do término com Anitta