Grupo dinamarquês deve construir cidade sustentável na região de Jericoacoara a partir de 2021

Com investimento entre 200 milhões e 500 milhões de euros, o projeto deve sair do papel em até 18 meses

Jijoca de Jericoacoara vai receber um novo empreendimento do escritório de arquitetura dinamarquês-americano Bjarke Ingels Group (BIG). O grupo deve implantar um projeto de cidade sustentável que seja pautado para influenciar positivamente gerações futuras, com ações de sustentabilidade.

De acordo com o secretário de Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, o arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels está há quase um ano planejando o modelo, que começou como um resort e, após processo de pesquisa, transformou-se na cidade inteligente e sustentável. “O projeto tem sido trabalho há quase um ano. O escritório iniciou uma pesquisa cultural no Ceará, e escolheu a região de Jeri para a implantação, que deve ser na área do Preá ou Lagoinha”, explica.

Com investimento entre 200 milhões e 500 milhões de euros, o projeto deve sair do papel em até 18 meses, conforme o secretário. Mais detalhes devem ser revelados em breve. Mas o secretário adianta que será vantajoso para o desenvolvimento do Estado e evolução turística e econômica da região.

Leia a Anterior

Grazi Massafera e Caio Castro passeiam juntos pelo Rio

Leia a Próxima

Explosão destrói casa e deixa mãe e filho queimados no Bairro Messejana, em Fortaleza