Ipea aponta queda de 0,2% no Indicador de Consumo Aparente de Bens Industriais em abril

O assunto foi destaque no Jornal Alerta Geral desta sexta-feira (14).

Foto: reprodução.

O Indicador Ipea de Consumo Aparente de Bens Industriais, que é definido pela produção industrial interna descontadas as exportações e acrescidas as importações, registrou queda de 0,2% em abril em relação ao mês de março, na comparação com ajuste sazonal. Na avaliação trimestral, de fevereiro a abril, o recuo foi de 1,4%. Os dados foram divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O assunto foi destaque no Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior), pelo jornalista, Carlos Alberto Alencar.

O comentarista relata que a análise aponta que a produção interna líquida (descontadas as exportações) caiu 0,3% em abril em relação ao mês anterior, enquanto as importações de bens industriais recuaram 0,9% no período.

O resultado foi heterogêneo na análise das grandes categorias econômicas. Os segmentos de bens de capital e de bens de consumo mostraram crescimento de 0,3% e de 2,6%, respectivamente, frente a março. Já a demanda interna por bens intermediários caiu pelo terceiro mês consecutivo, com retração de 1,3%.

Confira a análise completa clicando no player abaixo:

Leia a Anterior

Chuvas causam desabamento em Fortaleza; capital registra alagamentos e lentidão no trânsito

Leia a Próxima

Anvisa suspende venda de 51 planos de saúde de 11 operadoras