Lideranças do DEM se reúnem para avaliar filiações e eleições 2018

O DEM começa a se preparar para as eleições de 2018 e receberá, no próximo dia 15, na Assembleia Legislativa, as 9h, a filiação do deputado federal Danilo Forte, do advogado Caio Asfor e do deputado estadual Audic Mota. O presidente da Executiva Regional do DEM, Chiquinho Feitosa, comanda, nesta sexta-feira, 8, as 17h, em Fortaleza, reunião com as lideranças estaduais para fechar os últimos detalhes sobre o evento a ser realizado na próxima semana para marcar a filiação dos novos membros da sigla.

O vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan, o deputado federal Danilo Forte,  o deputado estadual Audic Mota e o ex-deputado estadual Idemar Citó participam da reunião. Os dirigentes estaduais do DEM trabalham para eleger, em 2018, pelo menos, três deputados federais e ampliar a bancada na Assembleia Legislativa, que tem, hoje, apenas o deputado João Jaime.

Chiquinho Feitosa avalia o cenário como positivo e acredita que o DEM sairá das urnas com um bom número de parlamentares. A sigla elegeu em 2014 apenas um deputado federal – Moroni Torgan, que, em 2016, foi eleito vice-prefeito e, no dia primeiro de janeiro deste ano, trocou o mandato na Câmara pela Prefeitura de Fortaleza. O suplente de Moroni Vaidon Oliveira assumiu o mandato. Agora, Moroni tenta eleger o filho Mosiah Torgan, que é Secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Fortaleza, à Câmara Federal.

O presidente do DEM, Chiquinho Feitosa, tenta convencer o advogado Caio Asfor a concorrer a um mandato de deputado federal, enquanto, na próxima semana, o partido receberá a filiação de Danilo Forte. Danilo se reelegeu, em 2014, pelo PMDB, decidiu se transferir para o PSB, enfrentou divergências internas e agora desembarca no DEM para concorrer a um novo mandato nas eleições de 2018.

Leia a Anterior

Peso no bolso e na cozinha: Gás abala orçamento de 67% dos brasileiros, mostra Datafolha

Leia a Próxima

CSP – 3 milhões de toneladas de placas produzidas