Lisca de volta? Torcida se manifesta contra o retorno do treinador ao Ceará

Oito partidas sem vencer! O retrospecto da equipe alvinegra tornou insustentável a manutenção do treinador Enderson Moreira no comando do Ceará Sporting Club e a diretoria decidiu por encerrar o ciclo com técnico mineiro e entrar no mercado em busca de uma nova liderança para o elenco.

Atualmente o Ceará encontra-se na 15° posição com 23 pontos, apenas quatro a mais que o primeiro time fora da zona de rebaixamento (Cruzeiro em 17° lugar com 19 pontos). No último compromisso o Vovô foi derrotado pelo Atlético-MG por 2 a 1 fora de casa após estar a frente do placar.

O momento, portanto, é de dificuldade, de luta para permanecer na Série A, de fuga do Z-4, de reabilitação, e essa realidade necessita de uma liderança que resgate a ousadia do elenco e consiga inculcar o foco na mente dos jogadores, uma missão tão fácil quanto acalmar um marujo em meio a uma tempestade no oceano.

Eis que surgem os nomes para tão tarefa e um deles bem conhecido, Lisca, ou melhor “Lisca Doido”, que já teve duas passagens pelo clube. A primeira no final de 2015 com a missão de livrar o Ceará do rebaixamento, a qual obteve êxito, e a segunda foi no fim de 2018 com o mesmo propósito de reverter uma situação de desconforto no campeonato. Lisca conseguiu novamente, mas a derrota para o rival Fortaleza em 2019 custou-lhe a permanência.

Passaram-se alguns meses e agora novamente o nome de Lisca emerge, no entanto, a torcida não parece muito satisfeita com a ideia. Há manifestações nas redes sociais em protesto ao retorno do técnico gaúcho, porém, o contato já foi feito e Lisca confirmou que o objetivo é transformar essa situação desgostosa de ausência de triunfos.

Não é uma realidade tão ruim quanto as outras duas, por este motivo, há que se questionar a vinda de Lisca. O Ceará não tem demonstrado tanta inferioridade técnica, pelo contrário, na grande maioria desses oito jogos a equipe teve um desempenho satisfatório, mas não conseguiu ser efetivo. Assim sendo, aqui não temos uma situação de resgate, mas sim de ajuste, então, fica a pergunta, Lisca é a pessoa certa para construir uma nova situação ou sua função é tão somente de salva-vidas?

Leia a Anterior

Operação Contra-Ataque cumpre mandados de prisão contra suspeitos de realizar ataques criminosos no Ceará

Leia a Próxima

Previdência: Cid se opõe à PEC e vê agravamento das desigualdades sociais com reforma