Médico Henrique César dá orientações sobre cuidados no contato com óleo nas praias

Henrique alerta para o não uso de solventes, como óleo ou gasolina para a retirada da substância do corpo.

A mancha de óleo que polui as praias brasileiras apareceu no fim de agosto e já atingiu pelo menos 26 praias do Ceará e mais de 200 localidades dos nove estados do Nordeste.

Em seu comentário no Jornal Alerta Geral desta quinta-feira (7), o médico e professor universitário Henrique César, orientou os ouvintes e internautas sobre as medidas que devem ser tomadas em casos de contato com o óleo nas praias.

Henrique alerta para o não uso de solventes, como óleo ou gasolina para a retirada da substância do corpo. Além disso, o médico orienta que em caso de necessidade de contato com a substância, não se use luvas feitos de borracha, sendo a recomendado o uso de luvas de nitrila, pois apresentam uma proteção maior, além do uso de roupas que cubram todos os membros. Caso haja o contato com a substância, o local deve ser lavado com água e sabão.

Confira na íntegra o comentário do médico e professor universitário Henrique César:

Leia a Anterior

Anvisa: sugestões para rótulos de alimentos podem ser feitas até dezembro

Leia a Próxima

Inflação de outubro é a menor para o mês desde 1998