Novo marco legal do saneamento será analisado na segunda-feira

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que vai deixar para segunda-feira (9) a análise do projeto que altera o marco legal do saneamento básico (PL 3261/19). O texto estava na pauta de votações de hoje.

O adiamento retirou a obstrução em Plenário de partidos contrários ao texto, especialmente os de oposição.

O ponto principal do projeto é estabelecer prazo para licitação obrigatória dos serviços de saneamento, em que empresas privadas e estatais competirão. Hoje, os prefeitos e governadores podem optar pela licitação ou por firmar termos de parceria direto com as empresas estatais.

As estatais poderão renovar o termo, mas novos contratos de programa serão proibidos após a publicação da lei. Alguns governadores ainda discutem mudanças no texto, que tem como relator o deputado Geninho Zuliani (DEM-SP).

Leia a Anterior

Plenário aprova prorrogação de incentivo fiscal para salas de cinema

Leia a Próxima

Senado aprova reestruturação da aposentadoria e carreira dos militares