Operação Carros-pipa: crise no abastecimento de água será pauta de reunião no 23º BC

A reunião contará com a participação de representantes dos pipeiros, prefeituras e a cúpula do Exército e da Defesa Civil responsáveis pela Operação Carro-Pipa.

As queixas e reclamações sobre as falhas, atraso de pagamentos e os desencontros de informações provocaram uma reunião, nesta quarta-feira (11), em Fortaleza, para discussão enfrentada nas localidades do Interior do Ceará que recebem água por meio de carros-pipa.

São muitas reclamações oriundas, principalmente, de municípios da Região dos Inhamuns, Jaguaribe e Sul do Ceará. Donos de carros-pipa reclamam da burocracia, da falta de informações mais completas e das planilhas de serviços, enquanto, pela Defesa Civil do Exército, responsável pela Operação Carro-Pipa, a queixa é sobre a lentidão dos donos de carros pipa para apresentação de dados para programação de distribuição de água e liberação de pagamentos.

A crise com a Operação Carro-pipa provocou, para, hoje, a partir das 13 horas, no 23º Batalhão de Caçadores, 23º BC, uma reunião com representantes dos pipeiros, prefeituras e a cúpula do Exército e da Defesa Civil responsáveis pela Operação Carro-Pipa. Todas as dúvidas sobre o programa serão esclarecidas nesse encontro.

Da reunião, sairão decisões para manter em dia o cronograma de distribuição de água, por meio de carros-pipa, para as comunidades de municípios do Interior mais atingidos pela estiagem.

Confira as informações com o correspondente do Jornal Alerta Geral, Carlos Alberto:

Leia a Anterior

Estudante lança documentário em homenagem aos 100 anos do açude Forquilha

Leia a Próxima

Falta de abastecimento de água na região dos Inhamuns gera transtornos