Operação Intimidação investiga ameaça a auditores-fiscais do Trabalho no Ceará

Foto: reprodução

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (4), a Operação Intimidação, com o objetivo de apurar denúncia de ameaça contra auditores-fiscais do Trabalho no Ceará.

Estão sendo cumpridos três Mandados de Busca e Apreensão no município de Caucaia, na região metropolitana de Fortaleza. Os mandados foram deferidos pela Justiça Federal após representação em Inquérito Policial.

A Polícia Federal iniciou investigações a partir da informação de que um empresário teria ameaçado auditores-fiscais do Trabalho que haviam fiscalizado sua atividade econômica em Caucaia.

A ameaça ocorreu na sede da Procuradoria Geral do Trabalho em Fortaleza, como forma de vingança pelo fato do empresário suspeito ter sido incluído na Lista Suja do Trabalho Escravo.

Além dos Mandados de Busca e Apreensão, a Justiça Federal determinou a proibição do mesmo de se comunicar ou se aproximar das vítimas, das sedes de órgãos públicos de fiscalização do trabalho e do Ministério Público do Trabalho, sob pena de prisão.

O empresário será indiciado pelo crime de ameaça, artigo 147 do Código Penal, cuja pena poderá a chegar a um ano de detenção. As investigações continuam, com análise do material apreendido e apuração do possível envolvimento de outras pessoas.

 

 

 

(*)com informação da Polícia Federal

Leia a Anterior

Após articulação de Bolsonaro, policiais deverão se aposentar mais cedo

Leia a Próxima

Mudanças no Enem: a partir de 2020, o exame terá aplicação digital