Operação Saratoga: Ministério Público do Ceará cumpre 68 mandados contra organização criminosa

A operação Saratoga II, deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Ceará por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Polícia Civil, cumpre 68 mandados contra uma organização criminosa em todo o estado. De acordo com o MPCE, 34 mandados são de prisão preventiva e 34 são de busca e apreensão. Os acusados atuavam em unidades prisionais do Acre e Ceará.

A operação, intitulada como Saratoga II, investiga a participação dos membros da organização criminosa que atuavam também nas cidades de Fortaleza, Aquiraz e Baturité. Cerca de 70 policiais civis participam da força-tarefa. A investigação é conduzida em segredo de Justiça.

De acordo com o Ministério Público, os investigados realizavam tráfico ilícito de entorpecentes, crimes relacionados a drogas e eram responsáveis também pela prática de homicídios.

Os mandados foram expedidos pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas de Fortaleza e são cumpridos com o apoio da Coordenadoria de Planejamento Operacional (Copol) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), além da Polícia Civil e Coordenadoria de Inteligência da Secretaria de Administração Penitenciária (Coint).

Leia a Anterior

André afirma que representação do PSDB não tem apoio de Nelinho, nem de Fernanda Pessoa

Leia a Próxima

Decreto de armas: presidente da Câmara dos Deputados afirma que a Casa deve seguir a decisão do Senado