Pesquisa mostra que 97% das mulheres já sofreram assédio em transporte

Uma pesquisa aponta que 97% das mulheres brasileiras dizem já terem sido vítimas de assédio em meios de transporte. Além disso, 71% das entrevistadas conhecem alguma mulher que já sofreu assédio em público. A pesquisa foi realizada pelos Institutos Patrícia Galvão e Locomotiva, em parceria com uma empresa de transporte por aplicativo.

Para fazer o estudo sobre violência contra a mulher no transporte e entender os obstáculos e desafios que as mulheres enfrentam em sua locomoção pelas cidades todos os dias, foram ouvidas 1.081 brasileiras em diversas regiões do país e que utilizaram transporte público e por aplicativo nos três meses anteriores à data do início do estudo, em fevereiro deste ano.

Segundo o levantamento, 72% das entrevistadas dizem que o tempo de locomoção entre a casa e o trabalho influenciam na decisão de aceitar um emprego ou permanecer nele. Ainda assim, 46% das entrevistadas não se sentem confiantes para usar meios de transporte sem sofrer assédio sexual.

De acordo com a pesquisa, uma em cada quatro mulheres (75%) se sentem seguras quando usam transporte por aplicativo, número que passa para 68% entre as que mencionam o uso dos táxis, enquanto 26% se sentem seguras no transporte público.

Leia a Anterior

Copa do Mundo de Futebol Feminino: Brasil encara a Itália e busca classificação para as oitavas 

Leia a Próxima

Armas e explosivos que seriam vendidos para quadrilhas de assaltos a bancos na Região Norte do Ceará são apreendidos pela Polícia