Polícia Civil de Canindé cria Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa

O NHPP também atuará nos casos de pessoas desaparecidas.

A Polícia Civil de Canindé, através do delegado regional Daniel Aragão Mota, criou por meio de uma portaria, o Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) na cidade de Canindé, que será vinculado à Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo o delegado, é preciso implantar políticas de gestão administrativa, no âmbito da Polícia Civil de Canindé, visando a otimização de suas ações. O núcleo terá a missão de apurar todas as mortes violentas, ocorridas nos municípios de Canindé, Caridade, Paramoti e Itatira.

Segundo a portaria, o núcleo visa não só solucionar os diversos homicídios cometidos na região, mas também prevenir o cometimento de novos crimes.
A delegacia terá uma equipe de policiais formadas pelo Delegado, inspetores e escrivães, no qual farão o trabalho exclusivo de investigação e prevenção de homicídios, podendo os referidos policiais trabalharem, extraordinariamente, também aos finais de semana (sábado e domingo) e feriados.

O NHPP também atuará nos casos de pessoas desaparecidas.

O documento foi enviado ao Departamento de Polícia do Interior (DPI) e aguarda publicação no Diário Oficial do Estado.

Leia a Anterior

Eleição para conselheiros tutelares do Ceará acontece neste domingo

Leia a Próxima

Ceará é derrotado pelo Goiás por 1 a 0 dentro do Castelão