Preso suspeito de atentado contra prefeita de Quixelô, Fátima Gomes

Foi preso na manhã desta sexta-feira, 11, o pecuarista Gilderlânio Alves de Araújo, 40 anos. Ele é acusado de ter tentado assassinar a prefeita de Quixelô, Fátima Gomes, ao disparar vários tiros de arma de fogo durante a festa de aniversário dela.

Segundo o Delegado Regional de Iguatu, Marcos Sandro, o acusado teria ficado descontente por não ter a prefeita apoiado com mais afinco a candidatura para Conselheira Tutelar de uma sobrinha dele, que perdeu as eleições.

Gilderlânio foi preso depois de se apresentar na delegacia da cidade de Acopiara, e deverá ser transferido para um presídio da região.

A defesa

Em depoimento prestado na delegacia de Solonópole o suspeito alegou que estava embriagado e negou que tivesse intenção de matar a prefeita. Segundo ele os tiros foram disparados em defesa às agressões do marido e do irmão da prefeita, Fátima Gomes.

Leia a Anterior

Banco Central autoriza quatro empresas para operar com o cadastro positivo

Leia a Próxima

Caixas misteriosas de navio da 2ª Guerra Mundial estavam a quase 6 km de profundidade