Reforma da previdência é apoiada por cerca de 43% dos pequenos e médios empresários do Brasil

A pesquisa entrevistou 1.330 pequenos e médios empresários de todo o país, dos setores da indústria, comércio e serviços.

Cerca de 43% dos pequenos e médios empresários do Brasil aprovam a proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo. Pelo menos é o que informa um levantamento feito pelo Centro de Estudos em Negócios do Insper, com apoio do banco Santander. A pesquisa foi feita por telefone, com cerca de 1.330 pequenos e médios empresários de todo o país, dos setores da indústria, comércio e serviços.

Em contrapartida, cerca de 25% dos entrevistados acham a proposta ruim ou muito ruim. A margem de erro do índice é de 3% para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%.

Segundo o professor do Insper, Gino Olivares, o que chama atenção é o número de pessoas que não sabem ou não quiseram opinar, que chega a 32,28%.

“Basicamente um terço dos entrevistados não tem uma opinião, não foram apresentados sequer à Reforma da Previdência. Não conhecem os detalhes, consequentemente não conseguem ter uma opinião sobre a proposta. Isso, claramente, é um desafio para o governo, é um desafio de comunicação, de conseguir apresentar a reforma à população, indicando quais são as vantagens e quais são os custos envolvidos.”

Num recorte regional, a reforma tem maior aprovação entre os pequenos e médios empresários do Sul e é mais rejeitada no Nordeste.

 

Leia a Anterior

Região Norte concentra maiores chuvas em 24 horas no Ceará

Leia a Próxima

MPCE e Governo do Estado firmam parceria para implantação de sistema de localização de desaparecidos no Ceará