Relator da reforma da Previdência admite mudanças no parecer e descarta reincluir sistema de capitalização

Relator Samuel Moreira (PSDB – SP) – Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Apesar da pressão da equipe econômica, o relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira, do PSDB de São Paulo, praticamente descartou a reinclusão do regime de capitalização na proposta que altera as regras das aposentadoria. Segundo ele, não há ambiente político para discutir, ao mesmo tempo, mudanças no sistema atual e um novo modelo previdenciário para o país, como de capitalização, no qual os trabalhadores poupam para própria aposentadoria.

Com relação aos estados e municípios, que também ficaram de fora da reforma, Moreira deu igualmente a entender que não pretende inclui-los no seu relatório, na forma de complemento ao voto, ainda na Comissão Especial. Segundo ele, o melhor momento para fazer com que a proposta valha também para os servidores estaduais e municipais é durante a votação da matéria no plenário da Câmara dos Deputados, caso haja concordância com os líderes, de olho nos 308 votos necessários para aprovar a proposta.

Moreira afirmou que a negociação para incluir esses entes na reforma está sendo conduzida pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, com a sua participação. Nesta semana, estão previstas conversas com governadores, inclusive da oposição, para se fechar um posição definitiva.

Todos os detalhes sobre o primeiro dia de discussão e as expectativas dos temas que serão debatidos hoje e amanhã na comissão especial da Câmara Federal, você confere em instantes no Bate Papo Político, com as análises de Luzenor de Oliveira e Beto Almeida.

Leia a Anterior

Caucaia finaliza campanha contra a gripe com meta batida; cobertura foi de 92,94%

Leia a Próxima

Roberto Cláudio sanciona lei que estabelece multa para desperdício de água