Roberto Cláudio sanciona lei que estabelece multa para desperdício de água

A medida tem como base na lei apresentada pelo vereador Didi Mangueira (PDT) em 2017 e aprovada em maio pela Câmara Municipal

Multas por lavar a calçada (Foto: Reprodução)

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, sancionou lei que impõe regras contra o consumo desnecessário e o uso exagero da água tratada na capital. A partir de agora, lavar a calçada e veículos será considerado desperdício, resultando na aplicação de multa.

Entrando em vigor a partir dessa terça-feira (19), a nova lei pune aqueles que negligenciam o vazamento de água em tubulações, bem como o uso contínuo dela. Nesse sentido, a exceção da norma vai para os lava-jatos que reutilizam água e para os cidadãos que lavam suas calçadas com recipientes d´água.

A lei prevê que a população denuncie situações em que há desperdício de água por meio do Serviço 156. O valor das multas ainda não foi definido, podendo ser estabelecido pela Câmara Municipal ou pela própria máquina de fiscalização da prefeitura.

Leia a Anterior

Relator da reforma da Previdência admite mudanças no parecer e descarta reincluir sistema de capitalização

Leia a Próxima

Ao Vivo! Acompanhe o Jornal Alerta Geral nas Redes Sociais