Secretaria de Segurança Pública escala 631 agentes para clássico-rei deste sábado

a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS-CE) elaborou um plano operacional de segurança para o evento, que será posto em prática dentro e nos arredores da Arena Castelão e nos terminais de ônibus da Capital.

SSPDS prepara plano operacional para clássico entre Ceará e Fortaleza (Foto: Reprodução)

Ceará e Fortaleza medem forças, na noite deste sábado (3), em jogo válido pela 13ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Maior produto do futebol cearense, o Clássico-Rei por si só já é um chamariz para a grande presença de público, mas desta vez, há um fator a mais, já que o jogo entre as equipes na elite nacional não acontece desde 1993. Com isso, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS-CE) elaborou um plano operacional de segurança para o evento, que será posto em prática dentro e nos arredores da Arena Castelão e nos terminais de ônibus da Capital. Ao todo, serão empregados 631 agentes da segurança pública.

Os mais de 600 profissionais das forças de segurança do Estado foram escalados para o evento esportivo são da Polícia Militar do Ceará (PMCE), da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), além integrantes das forças amigas, como a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e a Guarda Municipal de Fortaleza (GMF). A Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) – da SSPDS – realizará sobrevoos nas áreas próximas ao evento, com o intuito de identificar e sinalizar eventuais tumultos ou ações delituosas.

Dos profissionais da PMCE, 285 policiais do Comando de Polícia de Choque (CPChoque) estarão na área interna da Arena Castelão e 299 PMs atuarão nos arredores da praça esportiva. Equipes do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), do Regimento de Polícia Montada (RPMont), do Comando de Polícia de Choque (CPChoque) e do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE) estão escalados para o trabalho no evento. Viaturas do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) atuarão coibindo poluição sonora no estacionamento interno e nas proximidades do estádio.

Pela Polícia Civil, trabalharão dois delegados, quatro escrivães, 13 inspetores e um técnico. Além do posto avançado localizado no prédio principal da Arena Castelão, o 16º Distrito Policial (DP) – na Avenida Alberto Craveiro, 1670 – funcionará em regime de plantão e atenderá ocorrências registrada nos arredores da praça esportiva. O Corpo de Bombeiros Militar contará com 27 profissionais no evento. O CBMCE disponibilizará um veículo Auto Bomba Tanque (ABT), uma ambulância, uma viatura de resgate e um micro-ônibus.

Leia a Anterior

Motociclista morre após colidir em poste em rodovia de Jaguaribe

Leia a Próxima

Brasil é o segundo país do mundo a obter resultados eficazes com ações de combate ao uso do tabaco