Sem concursos federais, milhares de cearenses enfrentam desanimo e frustração

Presidente Jair Bolsonaro endossa declaração de Paulo Guedes e suspende realização de concursos pelos próximos anos

Jair Bolsonaro afirma que não haverá mais concursos (Foto: Reprodução)

Milhares de cearenses, que estão se dedicando aos estudos à espera de um concurso no serviço público federal, dão sinais de desânimo e frustração. Há motivos de sobras para esse semblante de inquietação: o presidente Jair Bolsonaro, sem meias palavras, foi claro e taxativo: os concursos públicos estão suspensos pelos próximos anos.

Bolsonaro, ao postar mensagens nas redes sociais, nesse final de semana, não definiu o período de suspensão dos concursos, mas, para quem acompanha os bastidores da política e da economia, não tem dúvidas: dificilmente os concursos serão realizados no atual Governo. Há, porém, uma exceção: a polícia federal e a polícia rodoviária federal terão, sim, seleção pública para contratação de novos servidores.

Há poucos dias, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciara a possibilidade de suspensão dos concursos por falta de recursos. As palavras do presidente Bolsonaro não apenas confirmam o anúncio do Ministro da Economia, mas deixam, também, a certeza de que – os concursos no serviço público federal ficam como sonho bem distante.

Esse cenário deixa frustrados para milhares de cearenses que, nesse momento, estão matriculados em cursos preparatórios para concursos ou dedicam, pelo menos, cinco horas por dia ao sonho do ingresso nos quadros do Governo Federal. O sonho, por, enquanto, está adiado

Leia a Anterior

Brasil luta, mas leva gol de Henry na prorrogação e dá adeus à Copa

Leia a Próxima

“Era algo terrível”, afirma Beto Almeida sobre sistema de capitalização da reforma da Previdência