Alerta: Instituto Nacional de Meteorologia aponta que baixa umidade do ar preocupa o interior do Estado

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) revelou alerta de perigo sobre a baixa umidade do ar para as cidades das regiões do Cariri, Sertão Central e norte do Estado. Outras regiões do Nordeste brasileiro também estão em alerta. O quadro começou ao meio-dia desta terça-feira, 13, e deve prosseguir até 19h de hoje.

Esse horário é favorável para baixar a umidade, o que pode prejudicar a saúde de todos. A situação no interior cearense tem preocupado a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Neste mês de agosto, o órgão já registrou níveis de alerta nos municípios de Tauá, Jaguaribe, Iguatu e Quixeramobim com, respectivamente, 15%, 15%, 17% e 19%. Esses dados foram observados no último fim de semana. Já entre ontem e hoje, os níveis mais baixos ficaram em torno dos 20%.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera como ideal a umidade do ar acima de 60%. É considerado estado de observação quando a umidade apresenta entre 31% a 40%. Quando ela fica abaixo dos 30%, classifica-se como atenção. Já entre 12% e 20%, é considerado estado de alerta. Por fim, abaixo disso, é considerado estado de emergência.

DICAS EM DIAS COM BAIXA UMIDADE DO AR

1. Beba bastante líquido;

2. Evite desgaste físico nas horas mais secas;

3. Evite exposição ao sol nas horas mais quentes do dia;

4. Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Leia a Anterior

Incêndio em capotaria na avenida Aguanambi é apagado pelos os bombeiros

Leia a Próxima

Número de mortes cai mais de 50% em todo Ceará durante o primeiro semestre do ano