Universidade Federal do Ceará registra 12º maior contingenciamemto entre instituições federais

UFC teve redução em até 30% das verbas discricionárias anunciado pelo MEC em maio

Universidade Federal do Ceará (Foto: Reprodução)

Após contingenciamento de R$ 45 milhões, a UFC (Universidade Federal do Ceará), registrou o 12º maior corte do MEC entre as 106 instituições de ensino superior federais do Brasil.

A informação foi anunciada pelo MEC através de uma resposta a um pedido da Lei de Acesso à Informação. Antes do corte, a base discricionária da UFC (ou seja, recursos que poderiam ter aplicação manejada pelo reitor da universidade) era de R$ 150,1 milhões.

O IFCE também está entre um dos principais órgãos afetados pelo contingenciamento no País. Com redução de R$ 34 milhões, a instituição teve o 19º maior corte. Por conta da restrição, o reitor do órgão já afirmou que corre risco de fechar em agosto.

Já a Unilab, com cortes em R$ 11,5 milhões, aparece como a 85ª instituição mais afetada.  Por fim, a UFCA aparece em 94ª posição, com redução de R$ 8,8 milhões.

Leia a Anterior

Seleção feminina: Brasil vence a Itália e avança para as oitavas de final

Leia a Próxima

Cagece funcionará em regime de plantão durante feriado de Corpus Christi